Quantas vezes na tua fragilidade encontrei a minha força?

Quantas vezes na tua fragilidade encontrei a minha força?…
talvez seja esse o nosso segredo,
braços e peito,
temos braços que envolvem,
são água e fogo
ás vezes apagam os picos de euforia
outras acendem o frio da nossa tristeza,
o nosso peito acolhe,
cria muralhas que deixam o mundo lá fora,
mundo triste, cinzento, cruel,
peito materno que alimenta e cura as feridas,
peito de meretriz que alimenta a paixão.
Envolve-me, envolvo-te e depois partimos, cada um para a sua vida, cada um para o seu mundo, para a fantasia criada que virou realidade.

Giacomo Casanova do Bairro Alto

 

Image

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s