borboletas no estômago? quem me dera, despertas em mim uma guerra nuclear.

e que culpa tenho eu?
desejo-te de tal forma que as pernas tremem e todas as minhas entranhas andam agitadas,
o estômago arde numa acidez que me envenena o sangue,
os rins dão-me pancadas secas que provocam uma dor lacerante como a ponta de uma lamina,
os pulmões esquecem-se de respirar, sinto-me afogar, provocam um desespero tão grande que tento nadar deitado na cama numa luta para voltar à superfície,
nos intestinos é uma revolução, dores, explosões, um mau estar podre, ruinoso, anunciam o fim,
o fígado dói de tal forma que fico com olhos vermelhos, cheios de sangue e de pele amarela, doente
…. borboletas no estômago? quem me dera, despertas em mim uma guerra nuclear.
talvez um dia o teu corpo no meu me dê finalmente paz.

Giacomo Casanova do Bairro Alto

Image

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s