…e assim, um dia fomos chuva

No teu sorriso de criança, menino eu fui
no teu olhar envergonhado, fui apanhado
com teu perfume que voava como o vento ,hipnotizado

No calor da tua pele, fui prisioneiro
na lágrima do teu rosto, fui guerreiro

No toque dos teu lábios, veneno eu fui
como droga invadi a tua mente e o teu corpo sorridente
as minhas palavras eram musica contagiosa, teu virus

Na chuva que caía ao fim da tarde, nós dançamos
agarrados pelas almas exitadas, viciadas
e a chuva que caía molhava o veu que te cobria

Fizemos amor abençoado ppela chuva que caía do Ceu,
mas quem te deixou molhada fui eu.

…e assim, um dia fomos chuva

Giacomo Casanova do Bairro Alto

Image

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s