O Mar que trago dentro é visível nos meus olhos,

O Mar que trago dentro é visível nos meus olhos,
esse Mar agitado, revoltado,
capaz de ondas gigantes e das maiores tempestades,
Mar onde se perdem sereias e pescadores.
Mar onde piratas buscam tesouros a golpe de espada frustrados por serem incapazes de amar
Mar de solidão que espera o momento mágico do por do sol para sentir aquele leve beijo no horizonte que dura um segundo de eternidade.
Trago o Mar dentro de mim, mar fonte de vida, vida nova de paixões de verão.
Mar assassino que tantas vezes sufoca o Amor.
Trago o Mar do teu corpo quente e da distancia gelada,
O mar do norte quando tu és sul.
Trago o mar quente das caraíbas, com rum e saudade de tempos distantes onde tu com as flores da madrugada bailavas na praia ao ritmo das ondas que tenho dentro..
Trago o mar amargo, salgado das lágrimas da despedida derramadas na imensidão da noite escura, onde nem as estrelas brilharam e a lua se escondia.
Trago o Mar lusitano, o mar do fado… e voltarei a navegar.

Giacomo Casanova do Bairro Alto

Image

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s