e eu vagabundo perdido no espaço procurava-te de peito em peito de braço em braço

voámos até á lua, 
devia ser quase meio dia
tu nua
cheia de magia
agarraste a cauda dum cometa
e partiste para outro planeta
e eu vagabundo perdido no espaço
procurava-te de peito em peito de braço em braço
por fim lá te encontrei
tinhas o brilho da estrela que sempre amei
ou seria ilusão, seria só o reflexo da tua explosão?
Quem sabe, nunca sabemos se o brilho do amor é verdadeiro
por vezes tenho tesão numa boa imitação
feita na china, em marte ou em qualquer outra parte.
Amar uma mentira é nobre quanto amar uma verdade
e que amor seja
sem perguntas nem respostas
que viva de momentos 
do pó das estrelas
de sentimentos
de luas cheias
de buracos negros e drogas nas veias
de tesão e depresão
de amizade, partida e saudade
de guerras de discussão
de reencontros de reconciliação
que viva de genuinidade e perdão.

Giacomo Casanova do Bairro Alto

Image

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s