esta literatura escrita com rios de sangue em decomposição

Quero
ter a poesia violenta do abandono
a amargura dum caos arruaçeiro
viajar no sexo dum corpo sem dono
e deixar para trás este frio de janeiro

Quero
abraçar de uma vez por todas esta literatura
escrita com rios de sangue em decomposição
que escorre de um corpo nefasto que me deu tesão dura
e escrever o meu futuro numa canção.

Giacomo

Image

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s