Se um dia tu quiseres, me encontrar

Se um dia tu quiseres saber de mim
procura-me na taverna mais ruim
ou na rua escura
nos braços de alguma puta madura
onde afogo todos as restos de um passado
da vida que me passou ao lado

Se um dia tu quiseres, me encontrar
procura-me caido na porta de um bar
ou enrolado com quatro pitas nas galerias paris
entre copos, sexo e coca para o nariz
em orgias para tentar esquecer
a falta de vontade que tenho pra viver

e se um dia tu quiseres saber de mim
procura-me num banco de jardim
onde durmo debaixo do meu tecto estrelado
embalado no meu triste fado
de corpos que sofrem de prazer
que maltrato tentando te esquecer

e se um dia tu quiseres me encontrar
se um dia começares a procurar
porque a saudade
foi mais forte que a vaidade
eu não estarei no meu lugar
estarei numa mar de pernas abertas a naufragar
mas tu serás a boia de salvação
e nadarei para fora desta podridão
e subo ao mastro alto pronto prá conquista
e tu serás a minha “terra à vista”
musa inspiradora desta epopeia
dum pirata e de uma sereia.

Giacomo Casanova do Bairro Alto

Image

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s