aos que vivem na estrada, com o bolso cheio de nada e amam como se tivessem tudo

 

Aos perdidos
aos que lançam palavras ao vento
aos poetas de estrada, que vivem no tudo ao nada
aos condenados, aos errados, aos desalmados
a quem sofre, a quem chora, a quem se desespera
e depois recupera
a quem dava a vida por um sonho
e que dava esse sonho pela vida de quem ama
aos apaixonados, ao alucinados
aos loucos verdadeiro
e aos que se julgam loucos, que não são poucos
aos que vivem na estrada, com o bolso cheio de nada
e amam como se tivessem tudo
aos desesperado, que vivem sufocados
aos filhos abandonados, aos pais castrados
aos que em bebida são viciados
aos drogados
a todos os desgraçados, aos marginalizados
saibam que a vida muda, todos os dias, num momento
e a oportunidade chega com o vento
não tenham medo de esperar, de sonhar
não temam acreditar
ou rezar
saibam
que o amor pode salvar.

Giacomo Casanova do Bairro Alto

 988488_10201210896104299_1464291741_n

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s