Somos a dança um do outro

Não me lembro de mais nenhum rosto a não ser do teu naquela noite.
Apenas sei que sozinhos não estávamos e de resto só sei de ti, de mim, de ti em mim, de mim no teu sorriso, do teu sorriso em mim.
Tu foste a estrela cadente, presente enviado dos deuses para mim.
Senti-Te assim que entrámos em palco, dois tons tão diferentes que contracenaram e juntos brilharam para os corpos sem cor que lá estavam.
Não me lembro de nenhuma melodia a não ser a que os nossos corpos emitiam.
Dancei a dança do teu corpo, da tua alma, do teu olhar, e tu dançaste a dança do meu olhar, da minha alma, do meu corpo, e apenas as roupas nos impediram de viajar mais longe….
Gosto da tua dança.
O palco foi nosso e a beleza do abraço das nossas almas uma história só nossa.
Ali,
Trocámos deliciosos diálogos com o olhar, onde imperava a promessa de um momento sem fim. Com os lábios exibíamos um sorriso que anuncia a perfeição daquela noite, com o corpo fizemos brotar o desejo que se fazia sentir nas roupas suadas nos nossos corpos de forma a permitir o sussurro entre as almas, que finalmente se encontraram, e gora podem descansar, dançar, conversar para sempre.
Esperei-te e vieste.
De mim já não sais.
De ti já não saio.
Somos a dança um do outro.

Francesca Bruni 

tumblr_lk6hwzwoJp1qbitbyo1_500

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s