Hoje não quero perguntas, quero o teu corpo

Hoje não quero perguntas, quero o teu corpo. não fales, beija, não perguntes, fode. Não me ames, odeia-me mas abraça-me. Não me compreendas, zanga-te mas afaga-me o cabelo. Hoje não quero palavras, quero gestos, o calor do teu corpo, das tuas mãos.
Viola-me, penetra-me, rasga-me a pele para que a minha alma liberte finalmente estas lágrimas, castiga o meu corpo para que o meu ser possa renascer. Não me olhes assim, não quero o teu carinho, rega-me com vinho e bebe todos os liquidos que escorram de mim, sangue, esperma, urina, suor, explora o meu corpo e o seu calor. Não venhas com falinhas mansas, não tentes nenhum jogo para te aproveitar desta minha fragilidade, já sabes que não é verdade é só um segundo, depois volto a ser um caçador vagabundo que não faz prisioneiras, por isso poupa-te os jogos, não faças asneiras. Aproveita o calor, explora o prazer e aceita que vamos ter que desaparecer. Hoje não quero perguntas, não quero palavras, não quero comunicação… hoje quero acção.

Giacomo Casanova do Bairro Alto

tumblr_mfdxrvUgC31qzpntjo1_1280

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s