Consumar o acto

image

Escrevi ontem, escrevo hoje e escreverei amanhã, porque sou mil pessoas numa, porque sinto mil e uma coisas e sou apenas uma e porque em mim vive uma revolução de tempestades e dias de sol, pureza e devassidão, porque dentro de mim existem inúmeras personalidades e preciso de me arrumar.
E todos os dias pego na caneta. Todos os dias escrevo, não para tu leres, mas para mim, para arrumar as múltiplas pessoas que me compõem.
E sempre que nasce a vontade, tenho de a consumar. É um vicio ver as letras darem origem a uma palavra no papel, o acto é imediato. E se não for, as mãos transpiram  a mente enlouquece e o êxtase da-se na beleza de despir a tampa da caneta.
Escrevo quando tenho algo a dizer ou seja a toda a hora, porque sinto em todas as horas a todos os momentos e  porque todos os dias as minhas crenças actualizam e se ontem senti amor, hoje sinto dor e amanhã sentirei seja lá o que for. Como tudo o que sinto não cabe no segredo da minha alma, é por isso que partilho aqui no nosso canto #casanovadobairroalto.

Francesca Bruni

Posted by sofiarodrigues

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s