quem se contenta com um charco, não merece navegar

Um sapo, dentro do seu charco nega a existência do oceano à jovem rã. Negar o mundo exterior, maior, com mais oportunidades é tipico de mentes mediocres, que tal como os sapos se vão envenenado. O Veneno é lento, não mata mas é bastante irritante, o suficiente para que a jovem rã comece a acreditar que o seu horizonte termina no fim do sapal. Mostrar o oceano e ensinar a navegar é coisa de príncipe, que aceita correr o risco de ficar sem a sua princesa se isso a fizer feliz.
Na vida, assim como nos contos de fada podemos mesmo escolher se queremos um sapo ou um príncipe, e quem se contenta com um charco, não merece navegar.

Giacomo

12033076_407918052740648_8457279564857832230_n

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s