Sonhos em mim, ou pesadelos já nem sei onde começa um e termina o outro

Sonhos em mim, ou pesadelos já nem sei onde começa um e termina o outro. Vejo tudo que corre bem entre nós, sorrisos, beijos, viagens, fazemos amor, estrelas e por do sol. Tem tudo para ser um sonho e no entanto o peso angostiante do desespero não me larga. Sinto um peso no estômago, vomito escondido numa reacção alérgica a esta tranquilidade. Adormeço a odiar-te e nos meus sonhos faço-te mal, rasgo a tua pele com a velha navalha da barbe e alegro-me ao ver aquele fio de sangue escorrer, tu olhas-me assustada, perdida, confusa..ah mas dás-me tanta tusa, então fazemos amor com o sangue que escorre pela nossa pele, a dor da carne rasgada junta com o prazer da vagina penetrada. Tu quente e assustada. Tapo-te a boca tiro-te o ar, prazer é tudo o que dever respirar, e fazemos amor a noite toda neste maravilhoso pesadelo até acordar. Despertar para a nossa vida de sonho, é mau, é medonho.

Giacomo

11709942_385151328350654_2656377772005492523_o

About nunoserra6

A falta de Amor é a maior das pobrezas
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Partilha a tua paixao, comenta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s